Polícia

Dupla foi executada com pelo menos quatro tiros na fronteira de MS

Rubens Diego Lopes Ojeda de3 33 anos e Whashington Sousa dos Santos 41 anos foram executados com cerca de quatro tiros na noite desta quarta-feira (24), em Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande. Um terceiro homem ficou ferido e foi levado para o hospital, com um tiro no pé. O atentado aconteceu por […]

Thatiana Melo Publicado em 25/03/2021, às 06h26 - Atualizado às 08h06

None

Rubens Diego Lopes Ojeda de3 33 anos e Whashington Sousa dos Santos 41 anos foram executados com cerca de quatro tiros na noite desta quarta-feira (24), em Ponta Porã a 346 quilômetros de Campo Grande. Um terceiro homem ficou ferido e foi levado para o hospital, com um tiro no pé.

O atentado aconteceu por volta das 21h30 desta quarta (24) no bairro Jardim América quando um trio em um Fiat Uno, de cor cinza chegaram a residência. Os três entraram na casa e um dos autores armados com uma pistola 9mm ainda teria falado com Rubens em guarani, sendo que depois passou a atirar.

Rubens foi assassinado com tiros nas costas, braços e pernas e Whashington com um tiro no tórax. A testemunha sobrevivente acabou ferida com um tiro no pé. Após a execução o trio fugiu.

Na casa, a perícia da Polícia Civil encontrou cápsulas deflagradas e munições intactas. A testemunha sobrevivente depois de ser atendida foi levada para a delegacia presa, já que tinha um mandado de prisão contra ela.

Ainda não se sabe os motivos para execução da dupla.

Jornal Midiamax