Dinamite é encontrada em cela do PCC dentro de presídio no Paraguai

Suspeita de que ex-agentes penitenciários estejam envolvidos com a entrega de explosivos

Foi descoberto dentro de uma cela em um presídio em Concepcion, no , gel de dinamite que estava escondido na parede da cela junto de um celular. Policias fizeram uma varredura no estabelecimento penal, nesta quarta-feira (6). A cela abrigava integrantes da facção criminosa (Primeiro Comando da Capital).

Na cela estavam cinco integrantes da facção criminosa identificados como Andrés Rafael Escurra, Alejandro Garay, Victor Vallejos Ortega e Arnaldo Fernandes Ramires, todos faccionados segundo o site ABC Color. A suspeita é de que ex-agentes penitenciários estejam envolvidos na entrega do material.

Segundo a ministra Perez, a suspeita seria por que contratos não foram renovados, mas que também não há como afirmar que ex-agentes pudessem estar envolvidos. Ainda foi dito que áudios circularam falando em derramamento de sangue entre o e , o que deixou as autoridades paraguaias em alerta.

Entre os áudios que circularam havia a ameaça da libertação de presos no fim do ano, por funcionários das penitenciárias. A polícia e Ministério Público estão em alerta.

Dinamite é encontrada em cela do PCC dentro de presídio no Paraguai
Mais notícias