Polícia

Destruição de lavouras de maconha na fronteira de MS já causou prejuízo de 51 milhões de dólares

O narcotráfico no Paraguai já acumula um prejuízo de 51 milhões de dólares com a destruição de lavouras de maconha no Departamento de Amambay, na fronteira com o Mato Grosso do Sul. As ações fazem parte da operação Nova Aliança XXV, em parceria com a Polícia Federal do Brasil. Até agora, depois de 11 dias […]

Marcos Morandi Publicado em 29/03/2021, às 06h35

Ação conta com apoio de helicópteros do Brasil. (Foto: Senad)
Ação conta com apoio de helicópteros do Brasil. (Foto: Senad) - Ação conta com apoio de helicópteros do Brasil. (Foto: Senad)

O narcotráfico no Paraguai já acumula um prejuízo de 51 milhões de dólares com a destruição de lavouras de maconha no Departamento de Amambay, na fronteira com o Mato Grosso do Sul. As ações fazem parte da operação Nova Aliança XXV, em parceria com a Polícia Federal do Brasil.

Até agora, depois de 11 dias com sobrevoos em fazendas paraguaias com o apoio de helicópteros brasileiros, já foram destruídos 560 milhões de hectares  de plantações de maconha.

Levantamento da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) mostra que também já foram tiradas de circulação o equivalente a 1697 toneladas de drogas, que depois de processada, seria distribuída pelo narcotráfico.

Jornal Midiamax