Criança de 6 anos conta na escola que era estuprada pelo pai que acaba preso

Menina passava as férias com o pai em uma chácara

A descoberta de que uma criança de 6 anos era estuprada sistematicamente pelo pai de 35 anos, em Coxim a 253 quilômetros de Campo Grande só aconteceu depois que a criança revelou na escola onde estudava sobre os abusos que sofria. O homem acabou preso e condenado. Ele tentou na Justiça recurso para sua condenação, mas foi negado nesta quarta-feira (13) no Diário da Justiça.

Os estupros aconteceram em 2012, quando a menina passava na chácara onde o pai morava na zona rural da cidade. Consta nos autos, que a criança foi estuprada pelo menos por sete vezes pelo homem que se aproveitava da relação de paternal. A menina ainda chegou a morar com o acusado por cerca de 1 ano.

A menina contou que o pai passava as mãos em suas partes íntimas e a beijava também. A descoberta do crime só aconteceu em 2013, quando a criança disse na escola que não queria mais ficar na casa do pai com medo que ele repetisse os estupros.

Ele foi preso e condenado a 15 anos de reclusão em regime inicial fechado. O homem entrou com recurso para diminuição da pena, que foi negada nesta quarta-feira (13) pela Justiça.

Criança de 6 anos conta na escola que era estuprada pelo pai que acaba preso
Mais notícias