Polícia

Cachorros pitbull atacam e arrancam cabeça de poodle que estava dentro de casa

Caso aconteceu no Tiradentes

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Na tarde desta terça-feira (6), mulher de 29 anos, moradora no Tiradentes, procurou a Polícia Civil para relatar a morte do cachorrinho de estimação. O animalzinho estava dentro da casa, quando foi atacado e morto pelo portão, por dois cães da raça pitbull.

Conforme o relato da mulher, ela estava em casa quando os dois pitbulls passaram na rua, soltos e sem cuidados dos donos. O cachorro dela, um poodle, latiu para os outros dois animais, que acabaram avançando pela grade do portão.

Com isso, eles conseguiram puxar o cãozinho para fora da residência. Segundo a dona, o ataque foi tão violento que um dos cachorros arrancou a cabeça do poodle e o outro saiu com o corpo na boca.

Ainda segundo a mulher, os cães são de moradores na região, que vivem soltos na rua e já atacaram e mataram outros cães na região. O poodle estava com a família da mulher há pelo menos 10 anos.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol como omissão de cautela na guarda dos animais.

Caso semelhante

No dia 12 de março, pitbull que teria escapado de uma residência no Tiradentes, invadiu conveniência na Rua Getúlio Costa Lima e matou um cachorro. O proprietário do estabelecimento e do animal acionou a polícia e os donos do pitbull foram responsabilizados.

A Polícia Militar foi acionada pelo homem de 29 anos, para irem até a conveniência, onde o pitbull de um morador na região havia matado o cachorro dele. Segundo o relato, o pitbull escapou da casa dos donos, entrou no comércio e atacou o outro cachorro, que morreu antes que pudesse ser socorrido.

Apenas a mãe do proprietário estava no local no momento, mas ela correu com o neto, uma criança, quando percebeu o ataque do pitbull. Os proprietários foram localizados e alegaram que no momento em que a mulher de 33 anos saiu para trabalhar, o cachorro escapou.

Jornal Midiamax