Polícia

Após homem ser preso, corpo de taxista que desapareceu na fronteira é encontrado

Foi localizado o corpo do taxista Sidnei Peixoto, o Sid, de Amambai, cidade que fica a 352 quilômetros de Campo Grande. Possível vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, ele foi encontrado em uma aldeia entre Amambai e Coronel Sapucaia, na região de fronteira com o Paraguai. Conforme as primeiras informações, um homem foi preso […]

Renata Portela Publicado em 26/01/2021, às 13h14 - Atualizado às 18h43

Corpo foi encontrado na aldeia (Divulgação)
Corpo foi encontrado na aldeia (Divulgação) - Corpo foi encontrado na aldeia (Divulgação)

Foi localizado o corpo do taxista Sidnei Peixoto, o Sid, de Amambai, cidade que fica a 352 quilômetros de Campo Grande. Possível vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, ele foi encontrado em uma aldeia entre Amambai e Coronel Sapucaia, na região de fronteira com o Paraguai.

Conforme as primeiras informações, um homem foi preso e teria sido o último passageiro de Sid. O taxista desapareceu após aceitar uma corrida até aldeia indígena da região. O carro que usava, um Toyota Yaris 2020 prata, foi apreendido com o suspeito do crime em Capitan Bado, no Paraguai, pela Polícia Nacional daquele país.

Após a prisão do suspeito, o corpo foi localizado na aldeia. A princípio um adolescente de 14 anos também estaria envolvido no crime. Segundo a polícia, a vítima teria sido esfaqueada. O caso segue em investigação pela Polícia Civil de Amambai.

Após homem ser preso, corpo de taxista que desapareceu na fronteira é encontrado
Carro foi encontrado em Capitan Bado, no Paraguai. (Divulgação)
Jornal Midiamax