Polícia

Ajudante de pedreiro é preso ao tentar estuprar e agredir amiga em Campo Grande

Foi preso no bairro Jardim Colibri, em Campo Grande, um ajudante de pedreiro de 52 anos por tentar estuprar e agredir uma amiga, na última sexta-feira (26). Ele passa por audiência de custódia nesta segunda-feira (29), e durante a prisão negou o crime. Segundo o relato da mulher, ela chegou a cidade um dia antes, […]

Thatiana Melo Publicado em 29/03/2021, às 09h16

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Foi preso no bairro Jardim Colibri, em Campo Grande, um ajudante de pedreiro de 52 anos por tentar estuprar e agredir uma amiga, na última sexta-feira (26). Ele passa por audiência de custódia nesta segunda-feira (29), e durante a prisão negou o crime.

Segundo o relato da mulher, ela chegou a cidade um dia antes, na quinta-feira (25), sendo que na data dos fatos encontrou o autor que já conhecia e ele ofereceu pousada em sua casa até que ela arrumasse uma residência para morar. A vítima disse que estava à procura de uma quitinete.

Mas, quando ela estava na casa do ajudante de pedreiro o flagrou confeccionando um cigarro de maconha e falou para ele que não ficaria no local. Ela tentou ir embora, mas o homem impediu a sua saída e disse a ela, “você não sai daqui sem antes fazer sexo comigo”.

Em seguida, ele passou as mãos em suas partes íntimas e quando recebeu uma negativa, o acusado passou a agredir a mulher com socos no rosto deixando ferimentos. Ela conseguiu escapar e uma vizinha acionou a polícia.

Quando preso, o homem negou o crime e disse que a mulher seria garota de programa e que já havia feito dois programas com ela, e que neste dia tinham acertado de fazer mais um programa. Ele ainda disse que trabalha há 6 meses em um programa da Prefeitura – Proinc. Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia.

Jornal Midiamax