Acusado de estuprar jovem ao sair de festa em cidade de MS ‘some’ após condenação

Ele foi condenado a cumprir 6 anos de prisão

Hoje aos 34 anos, morador em Bonito, cidade que fica a 300 quilômetros de Campo Grande, ‘sumiu’ após ser condenado pelo crime de estupro. O caso aconteceu em 12 de dezembro de 2012, quando o réu ganhou carona da vítima até em casa, após festa em um bar, e a estuprou mediante ameaças.

Foram quase oito anos até a condenação, sentença dada pela juíza Paulinne Simões de Souza em 12 de maio de 2020. O réu foi condenado a cumprir 6 anos de reclusão em regime semiaberto pelo crime de estupro, mas até agora não foi intimado. Isso, porque conforme o oficial de Justiça o homem não foi localizado no endereço que apresentava no processo.

A mãe do réu chegou a alegar que ele foi trabalhar em uma fazenda, mas que não tem notícias dele. Por isso, ele foi citado por meio de edital, publicado no Diário da Justiça desta terça-feira (12).

Entenda o caso

O crime aconteceu na madrugada do dia 12 de dezembro, quando o réu, na época com 26 anos, e a vítima com 23 participavam de uma festa em um bar famoso de Bonito. Na hora de ir embora, a vítima ofereceu carona ao réu até a casa dele, mas quando chegou no local foi ameaçada.

Conforme o relato da jovem, ele dizia que a levaria a força até o mato e a agrediria a socos se ela não praticasse sexo oral. Mesmo após os atos libidinosos, ele continuou as ameaças, afirmando que a vítima teria que entrar na casa dele e manter relação sexual.

A vítima foi estuprada na casa do homem e procurou a polícia assim que foi liberada por ele. Ele respondeu ao processo em liberdade.

Acusado de estuprar jovem ao sair de festa em cidade de MS ‘some’ após condenação
Mais notícias