Polícia

Acusado de esfaquear esposa 14 vezes tem passagens por violência doméstica e tentativa de homicídio

O homem de 32 anos acusado de esfaquear a esposa, de 28, 14 vezes nesta quarta-feira (10), já tinha passagens por tentativa de homicídio, lesão corporal dolosa, vias de fatos e tinha sido enquadrado na Lei Maria da Penha. Segundo a vítima, ele teria se retratado em juízo e o processo foi arquivado. O crime […]

Danielle Errobidarte Publicado em 11/03/2021, às 15h52

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

O homem de 32 anos acusado de esfaquear a esposa, de 28, 14 vezes nesta quarta-feira (10), já tinha passagens por tentativa de homicídio, lesão corporal dolosa, vias de fatos e tinha sido enquadrado na Lei Maria da Penha. Segundo a vítima, ele teria se retratado em juízo e o processo foi arquivado.

O crime ocorreu na cidade de Terenos, a 28 km da Capital, e a vítima foi socorrida com golpes nas costas, braços e pescoço. Segundo o delegado responsável pelas investigações, Antenor Batista da Silva Júnior, a Polícia garante sigilo de informações para quem tiver pistas de onde o suspeito possa estar escondido. As denúncias podem ser feitas pelo contato 3246-1641 ou direto no 190, da Polícia Militar.

A vítima já foi ouvida na delegacia e passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal). Além disso, foi feito um pedido de medida protetiva contra o ex-marido.

Informações passadas pela polícia são de que no momento do crime, o autor estava sob o efeito de drogas. A esposa confirmou que ele seria usuário de entorpecentes. A tentativa de feminicidio aconteceu em uma praça na cidade e foi testemunhada por populares que passavam pelo local.

Ele usou uma faca de serra para desferir os 14 golpes contra a sua esposa, nesta quarta-feira (10), que havia feito o pedido de divórcio, mas que ele não aceitava. A avó da vítima também ficou ferida nas mãos quando tentava defender a neta.

Jornal Midiamax