‘Viva hoje, ame hoje’: família e amigos homenageiam Everton, morto a facadas no Caiobá

Jovem de 29 anos foi esfaqueado após defender mulher de tapa no rosto

A tentativa de defender uma mulher de tapas no rosto, após uma festa no Portal Caiobá, resultou em facada no peito e tirou a vida de Everton Quebra de Oliveira, de 29 anos, na noite deste domingo (22). Nas redes sociais, familiares e amigos prestaram homenagem a ele e lembraram de sua “fé”, “energia maravilhosa” e “coração de imensidão indescritível”.

A maioria das publicações que marcam o perfil de Everton em uma rede social é de amigos e familiares que não acreditam na morte do jovem, em um ano como 2020, marcado pela pandemia de . Um amigo, proprietário de barbearia, informou aos clientes que não abrirá por estar de luto e pede “espero que respeitem esse momento”, se direcionando aos clientes.

'Viva hoje, ame hoje': família e amigos homenageiam Everton, morto a facadas no Caiobá
Everton jogava futebol com time de amigos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Amigos de , do time de futebol e dos finais de semana de pescaria postaram fotos de recordações antigas que compartilharam com Everton. Em todas elas as lembranças são dele sorrindo, vestido de personagens como o Chaves ou fazendo caretas para ‘tirar uma selfie’.

'Viva hoje, ame hoje': família e amigos homenageiam Everton, morto a facadas no Caiobá
Um dos amigos postou foto com Everton fantasiado. (Foto: Reprodução/Facebook)

Até amigos não tão próximos lembraram de momentos compartilhados com o rapaz e escreveram “não dá para acreditar! Não tinha mais tanto contato mas fez parte da minha adolescência”, escreveu uma amiga. Outro, disse não estar morando mais na cidade, e mesmo assim recorda. “Estou longe, mas você fez parte da minha vida, meu amigo”.

Uma amiga comentou, fazendo um pedido “viva hoje, ame hoje”, após prestar solidariedade à família. Outra, indignada, compara a morte de Everton a um “pesadelo” e questiona fazendo uma afirmação: “a covardia do ser humano está cada vez maior”. Ela, assim como tantos outros, também marcaram a esposa de Everton, presente na hora da confusão. Foi ela quem o levou a unidade de saúde no bairro Aero Rancho, onde ele faleceu. Em seu perfil, a viúva postou uma foto com a legenda “luto” e perguntou a si mesma, sem respostas “como vou chegar na nossa casa e você não estar lá? Por favor, Senhor, não faz isso comigo, traz ele de volta, eu suplico”.

O velório está marcado para esta tarde, das 14h30 às 16h30, no Cemitério Memorial Park, localizado na , no Jardim Centenário.

'Viva hoje, ame hoje': família e amigos homenageiam Everton, morto a facadas no Caiobá
Mais notícias