VÍDEO: Polícia Federal deflagra operação contra sequestro de refugiado em MS

O refugiado estava vivendo em Corumbá, quando foi sequestrado e levado para a Bolívia

Foi deflagrada pela Polícia Federal, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar do Estado, a Operação Refúgio. A ação é contra suspeitos de sequestrarem um refugiado que estava morando em Corumbá. Ele foi retirado do Brasil e levado para o território boliviano. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no município.

O refugiado era procurado por estar com mandado de prisão. O grupo teria retirado o homem do Brasil, em agosto de 2019, quando o boliviano havia pedido refúgio em Corumbá. Ele foi abordado em um estabelecimento comercial por indivíduos armados e levado para o território boliviano.

Segundo informações passadas pela polícia federal, quando o refugiado estava passando pelo Posto Esdras, ponto de controle migratório na cidade, tentou fugir, mas foi impedido pelo grupo que o estava sequestrando e levado para o lado boliviano.

Os integrantes do grupo tentaram se passar por policiais federais, o que foi descoberto pela Polícia Federal. Foi constatado o envolvimento de policiais militares, e a Corregedoria da Polícia Militar junto da PF deflagrou a operação. Participam da operação 41 policiais federais e 10 policiais militares.

Nome da operação

O nome da operação é uma alusão ao instituto de direito internacional que abrigava o cidadão boliviano no território nacional antes de sua retirada ilegal do Brasil.

Mais notícias