VÍDEO: Com máscaras, ladrões rendem trabalhadores em conveniência e levam R$ 8 mil

Proprietário ficou com arma apontada para a cabeça durante a ação

Proprietário e funcionários de uma conveniência passaram por momentos de tensão durante assalto ao estabelecimento ocorrido no final da manhã desta quarta-feira (24), na região do Jardim Atlântico Sul, em Campo Grande. Ladrões armados e com o rosto cobertos por máscaras roubaram R$ 8 mil e dois celulares, um deles do comerciante e o outro da esposa dele, além de chaves.

O homem de 42 anos disse que estava no local com mais três funcionários, quando os ladrões chegaram em um veículo Vectra verde, por volta das 12 horas. Os dois estavam de máscaras e inicialmente não levantaram suspeita, já que o equipamento de proteção passou a ser de uso obrigatório por conta da pandemia do coronavírus ().

Eles caminharam pela loja e logo em seguida sacaram as armas que portavam e anunciaram o roubo. Apontando contra a cabeça do comerciante, obrigaram que ele abrisse o caixa e entregasse o dinheiro. “Levaram tudo o que tinha no caixa, até a chave de casa e a chave da caminhonete”, lamentou a vítima, que estava bastante assustada.

O homem relatou ainda que a todo momento os criminosos ordenavam que ele ficasse com a cabeça abaixada, para que não fossem identificados. “Fiquei com medo de olhar”, explicou a vítima, que não conseguiu reconhecer os bandidos, até porque estavam com o rosto coberto.

Segundo ele, além do temor, também teve sensação de impotência e impunidade, já que estava rendido, sem poder fazer nada. Em oito anos no local, o comércio jamais havia sido alvo de assalto. “Só posso agradecer por nada ter acontecido com a gente nem com os funcionários”. Ainda conforme a vítima, foram levados alguns frascos de perfume no local.

VÍDEO: Com máscaras, ladrões rendem trabalhadores em conveniência e levam R$ 8 mil
Mais notícias