Veterinária é multada por deixar cavalo apodrecendo perto de casas e restaurante

Ela foi notificada e terá que pagar R$ 5 mil

Médica veterinária de Aparecida do Taboado, a 457 quilômetros de Campo Grande, foi multada pela PMA (Polícia Militar Ambiental) nesta segunda-feira (16), depois de destinar irregularmente o corpo de um cavalo em uma fazenda. Os policiais chegaram à propriedade, localizada a 40 quilômetros da cidade, após denúncia de vizinhos.

No último dia 7, a equipe constatou que o cavalo estavam em avançado estado de decomposição às margens da rodovia BR-158, perto de um restaurante e residência. A veterinária, dona do animal, foi notificada a remover a carcaça do local, no prazo de sete dias. No entanto, nada aconteceu e a vizinhança voltou a reclamar, acionando a PMA.

Os policiais então constataram vencimento do prazo e autuaram a responsável em R$ 5 mil. Caso ela não adote providências, será multada no dobro por descumprimento.

Veterinária é multada por deixar cavalo apodrecendo perto de casas e restaurante
Mais notícias