Suspeito de contrabando capota carro lotado de cigarro na fronteira e morre

Homem de 27 anos também se acidentou e acabou preso

Suspeito de contrabando capota carro lotado de cigarro na fronteira e morre
Ao todo, foram apreendidos 1.750 pacotes de cigarros. Foto: Divulgação

Maike Cesar Torres da Silva, de 25 anos, morreu depois de capotar um automóvel lotado de cigarros nesta quarta-feira (08), enquanto fugia de abordagem do (Departamento de Operações de Fronteira) na rodovia -164, em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Um homem de 27 anos que estava em outro veículo foi preso, e disse que entregaria a carga na capital sul-mato-grossense.

Conforme apurado, durante fiscalização no âmbito da , os policiais avistaram três carros em deslocamento e deram ordem de parada. No entanto, os motoristas não obedeceram e fugiram, dando início a uma perseguição. Cerca de 10 quilômetros adiante, a equipe se deparou com um dos automóveis, modelo Ônix, capotado às margens da rodovia. 

Maike estava do lado de fora, inconsciente. Foi acionado o , mas os socorristas constataram que a vítima do acidente já estava morta. Outra equipe do encontrou um Palio Weekend, que também levava cigarro, capotado em meio a uma plantação de milho. O motorista foi localizado, preso e disse que tentava chegar a Campo Grande. Ao todo, foram apreendidos 1.750 pacotes de cigarro e cada um dos carros. O terceiro veículo não foi localizado.

Suspeito de contrabando capota carro lotado de cigarro na fronteira e morre
Mais notícias