Suspeito de atirar no rosto da esposa alega que ela fez o disparo acidental

A bala teria atingido o queixo da vítima e saído pelo pescoço

Na tarde de domingo (26), mulher de 33 anos foi vítima de disparo de arma de fogo em Nova Alvorada do Sul, a 120 quilômetros de Campo Grande. O marido e filho disseram que ela mesma atirou acidentalmente no rosto, mas a polícia trata o homem como suspeito do crime, que é investigado.

A vítima deu entrada no hospital com o ferimento grave no rosto, sendo que o tiro teria atingido o queixo e saído pelo pescoço, perto da orelha. Funcionários acionaram a Polícia Militar e conversaram com o marido da vítima, que a acompanhava. Ele afirmou que a mulher atirou sozinha com a Winchester, que pertencia ao dono da propriedade onde eles moram.

Os policiais foram até a fazenda, recolheram a arma de fogo e conversaram com o filho da vítima, que confirmou a versão do pai. O homem acompanhava o trabalho dos militares e fugiu correndo, se escondendo em um matagal. Ele não foi localizado e a mulher foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande.

O caso é tratado como lesão corporal dolosa, quando há intenção, além do porte ilegal de arma de fogo. A polícia investiga se o tiro foi disparado pelo autor ou pela vítima.

Mais notícias