Sob escolta policial, homem que matou esposa a facadas segue internado na Santa Casa

Não corre risco de morte

Continua internado na Santa Casa de Campo Grande o homem de 42 anos que matou a facadas a esposa Rosenilda dos Santos Além, de 38 anos, em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. Ele não corre risco de morte.

O homem foi transferido para a Santa Casa devido aos seus ferimentos e segue internado no hospital sob escolta policial. Ele teve cinco ferimentos a faca e a suspeita é de que tenha tentado o suicídio após a matar Rosenilda com 20 facadas pelo corpo.

A filha de Rosenilda presenciou o assassinato. Ela teria tentado ajudar a mãe, mas não teria conseguido. A jovem teria desferido um golpe de faca contra o autor e ainda tentado com uma arma de choque deter o homem. Como a arma falhou, a jovem correu para pedir ajuda.

Rosenilda chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. Na residência foram apreendidas duas facas sujas de sangue a máquina de choque. A Polícia Civil de Sidrolândia investiga o caso.

Mais notícias