‘Só não te mato porque não tenho chave de fenda’, diz ex ao agredir mulher com socos

Mulher teve diversos ferimentos no rosto

Uma mulher de 26 anos de idade foi agredida com socos e puxões de cabelo pelo ex-marido de 33 anos. O homem ainda disse que só não mataria a vítima porque não tinha uma chave de fenda no carro. O caso foi registrado na cidade de Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a mulher relatou que conviveu por 13 anos com o suspeito e que os dois tem três filhos juntos. Ela estava em uma choperia acompanhada por amigos, na noite deste domingo (8), local onde o ex-marido também estava, na companhia de outras pessoas.

O homem chamou pela mulher, afirmando que queria conversar, momento em que ela foi e os dois entraram no carro. O suspeito travou as portas do veículo, saiu em direção ao rodoanel, quando então parou o carro. Ele começou a desferir vários socos e puxões de cabelo na vítima e no momento da agressão ainda disse que não mataria ela naquele local porque não tinha uma chave de fenda.

Após as agressões, o ex levou a mulher até a casa dela, ordenou que a vítima descesse e se despedisse dos filhos. A mulher desceu, entrou na residência junto com o suspeito, que a todo momento afirmava que levaria ela de volta para ‘terminar o serviço’. A vítima viu seu irmão, que mora de frente a sua residência, tentou ir até ele, mas foi segurada pelos braços e cabelos, momento em que outros familiares chegaram.

A polícia foi acionada e o homem fugiu. O caso foi registrado como lesão corporal e será apurado pelas autoridades competentes.

Mais notícias