Sexto fugitivo de presídio paraguaio recapturado se entregou à polícia a pedido dos pais

Ele contou a versão definitiva sobre a fuga e negou ser do PCC

Cristián Javier Vera Benitez, um dos 75 presos que fugiram do Presídio de Pedro Juan Caballero, se entregou às autoridades paraguaias três dias após a fuga em massa, que ocorreu na madrugada de domingo (19). Ele confirmou que os presos que tinham maior poder aquisitivo fugiram pelo portão da frente, enquanto outros foram pelo túnel.

Segundo relato de Cristián nesta quarta-feira (22), um grupo de presos importantes, ‘peixes grandes’ como ele relata, saíram pela porta da frente da penitenciária, enquanto outros detentos saíram pelo túnel. “Todos saímos no mesmo dia, no domingo”, confirmou, já que havia suspeita de que os presos teriam fugido durante aquela semana.

Conforme o site ABC Color, o rapaz afirmou que não pertence ao (Primeiro Comando da Capital) e que fugiu porque teve oportunidade, assim como vários outros presos. Ele disse que estava na cela quando os brasileiros gritaram “Vai embora”, e ele aproveitou para sair pelo túnel. Cristián disse que se entregou após pedido dos pais. “Me apresentei às autoridades porque não dá gosto estar escondido clandestinamente”, disse.

Este é o sexto preso recapturado após a fuga em massa, considerando que algumas autoridades divulgam o número sete, já que um deles foi detido ainda ao lado do presídio.

Sexto fugitivo de presídio paraguaio recapturado se entregou à polícia a pedido dos pais
Mais notícias