Seguranças são acusados de agredirem e arrastarem jovem para fora de boate

Ele afirma que foi imobilizado e arrastado do estabelecimento

Na madrugada deste sábado (15), rapaz de 20 anos foi vítima de agressões em uma boate de Campo Grande, localizada na região central. Ele alega que foi ferido a soco por seguranças, imobilizado e arrastado para fora após ser acusado de furtar bebidas alcoólicas.

Segundo relato da vítima à polícia, um homem se apresentou como um dos organizadores do evento que ocorria no local e acusou ele de furtar uma bebida. Os seguranças abordaram o rapaz, o imobilizaram com um ‘mata leão’ e o arrastaram para fora do estabelecimento.

A vítima ainda foi agredida com um soco no supercílio esquerdo, ficando com um ferimento no rosto. Um amigo tentou intervir e também foi ameaçado. O homem teria dito para os dois clientes saírem do local ou ele pegaria “o cano”, se referindo a arma de fogo, e “ficaria ruim para os meninos”.

As vítimas foram embora e o caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como ameaça e lesão corporal dolosa, quando há intenção.

Mais notícias