Polícia

Secretaria antidrogas investiga aeronave brasileira abandonada no Paraguai

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai investiga as circunstâncias que envolvem o pouso forçado de uma aeronave brasileira ocorrido neste domingo (27), na Colônia  Potrero’i de Amambay, que fica na rota entre as cidades de Pedro Juan Caballero e Capitan Bado, que fazem fronteira respectivamente com os municípios sul-mato-grossenses de Ponta Porã e Coronel […]

Renan Nucci Publicado em 27/04/2020, às 15h48

Aeronave foi abandonada no Paraguai. Foto: ABC Color
Aeronave foi abandonada no Paraguai. Foto: ABC Color - Aeronave foi abandonada no Paraguai. Foto: ABC Color

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai investiga as circunstâncias que envolvem o pouso forçado de uma aeronave brasileira ocorrido neste domingo (27), na Colônia  Potrero’i de Amambay, que fica na rota entre as cidades de Pedro Juan Caballero e Capitan Bado, que fazem fronteira respectivamente com os municípios sul-mato-grossenses de Ponta Porã e Coronel Sapucaia.

Logo após a aterrisagem, o avião modelo Cessna 310, fabricado em 1974 e com a matrícula PT-KEN, foi abandonado pelos ocupantes. A Senad esteve no local, juntamente com o Ministério Público, fazendo uma inspeção em busca de ilícitos e informações que possam levar ao esclarecimento dos fatos, já que não é descartado envolvimento com o tráfico.

Conforme apurado, o Cessna está em nome de uma mulher moradora em Goiás e, recentemente, teria passando por manutenção em Campo Grande. Além disso, não estava autorizada a voar em no espaço aéreo paraguaio. Durante o pouso forçado, uma plantação de milho foi atingida. Ninguém foi encontrado no local.

Jornal Midiamax