Rota Alternativa: contrabandista é alvo da PF após carga que saiu de MS ser apreendida

Segundo a polícia ele atua com descaminho de produtos eletrônicos

Na manhã desta sexta-feira (22), a Polícia Federal cumpriu mandados em Umuarama, no Paraná, após investigações de uma rota de contrabando e descaminho. As investigações começaram após a apreensão de uma carga de mais de 500 celulares que saiu de Mundo Novo, a 462 quilômetros de Campo Grande, na região sul do Estado.

Segundo a PF, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, como forma de obter elementos finais para encerrar as investigações e confirmar a existência de outros envolvidos e crimes praticados. O alvo da ação é um homem de 43 anos que mora em Umuarama e por vezes até atuava como batedor das cargas importadas ilegalmente.

O suspeito tem extenso histórico de autuações e apreensões de produtos importados ilegalmente, especialmente eletrônicos. Recentemente ele conseguiu fugir das autoridades alfandegárias após abordagem na região de fronteira. Na ocasião da fuga, abandonou o outro ocupante do veículo na fronteira e foi para o Paraguai.

Para a polícia, chama a atenção a reiteração da prática criminosa mesmo durante o fechamento oficial da fronteira com o país vizinho como medida sanitária por conta da pandemia da Covid-19, o que demonstra ousadia dos criminosos. A operação foi batizada de “Rota Alternativa” por conta dos trajetos utilizados pelos criminosos para chegarem até Umuarama.

Os contrabandistas chegavam a desviar até 150 quilômetros de rota, para conseguirem escapar das barreiras e abordagens policiais.

Apreensão de celulares

Rota Alternativa: contrabandista é alvo da PF após carga que saiu de MS ser apreendida
Apreensão feita em janeiro pela PRF (Foto: Divulgação)

No dia 7 de janeiro deste ano, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu o carregamento de 547 celulares importados ilegalmente. A carga chegou a ser avaliada em quase meio milhão de reais e saiu de Mundo Novo com destino a Umuarama.

Por volta das 6 horas, os policiais abordaram na BR-487, em Alto Paraíso (PR), um GM Classic conduzido por um homem de 31 anos, que alegou estar desempregado. Ela estava com uma mulher de 25 anos que disse ter sido contratada apenas para acompanhar o motorista.

Durante vistoria, a equipe encontrou os celulares armazenados nos bancos e no porta-malas. Diante dos fatos, a dupla foi presa por contrabando e encaminhada à Delegacia da Polícia Federal em Guaíra.

Rota Alternativa: contrabandista é alvo da PF após carga que saiu de MS ser apreendida
Mais notícias