Morto a tiros, Ricardo estava desaparecido há dez dias e foi queimado em cima de colchão no Colibri

Corpo foi enterrado ao lado de pé de bananeira

Ricardo Ventura Barbosa foi morto a tiros antes de ter o corpo queimado e enterrado em um quintal de uma casa, no bairro , em Campo Grande. A vítima foi encontrada enterrada ao lado de um pé de bananeira, na manhã desta segunda-feira (10).

Informações ainda são de que o corpo teria sido esquartejado pelo suspeito do crime que se apresentou na DEH (Delegacia Especializada de Homicídios) acompanhado de sua advogada, na manhã desta segunda (10). Segundo informações, ele teria cometido o crime por uma ‘treta’ dos dois. Mas, não é descartada a participação de outras pessoas no assassinato.

Teriam sido feitos seis disparos contra Ricardo, mas ainda não se sabe se todos atingiram a vítima que teve o corpo queimado em cima de um colchão e depois enterrado ao lado de um pé bananeira no quintal da residência do autor. Uma mulher também estaria envolvida no crime, segundo o que foi apurado pela reportagem. O assassinato estaria ligado a uma possível dívida com drogas, já que a vítima seria usuária.

Ricardo havia desaparecido no dia 31 de julho e no dia 5 de agosto policiais fizeram busca na região depois de terem recebido informação de que o corpo da vítima estaria enterrada no local, mas nada foi encontrado.

Morto a tiros, Ricardo estava desaparecido há dez dias e foi queimado em cima de colchão no Colibri
Mais notícias