Rapaz é assassinado a facada, mas grupo diz à PM que ele ‘bebeu até morrer’

Joailson da Silva Dias, 23 anos, foi morto com facada na tórax após bebedeira com ‘amigos’ em um quarto de em Bonito, a 300 quilômetros de Campo Grande. Os ‘amigos’ que estavam com Joailson pensaram em decapitar a vítima, mas desistiram e combinaram de contar outra versão a polícia, de que o rapaz bebeu muito e ‘simplesmente morreu’.

Três rapazes que estavam no local, todos embriagados, relataram que Joailson bebia desde as 10 horas de sábado (25) na residência com todos os amigos. Segundo o relato, a vítima estava embriagada, quando caiu e não levantou mais. 

A versão descarada foi desmentida pela , que ao verificar o corpo constatou uma perfuração no tórax. O trio foi revistado, mas nada foi localizado com eles. Em vistoria no local, os policiais encontraram uma faca embaixo do tanque de lavar roupas.

Com a localização do objeto, um dos homens confessou que seria o autor do crime. Ele disse que teria combinado com os outros amigos de mentir para a polícia, dizendo que Joailson morreu após ingerir muita bebida alcoólica.

A segunda versão apresentada seria de que todos estavam bebendo desde as 10 horas do dia anterior e após uma discussão, Joailson teria dado um tapa no rosto do suspeito, que desferiu a facada. Depois, um dos outros ‘amigos’ queria decapitar a vítima, mas foi impedido.

Além da , a e estiveram no local. O caso é apurado.

Rapaz é assassinado a facada, mas grupo diz à PM que ele ‘bebeu até morrer’
Mais notícias