Presos com 3,4 toneladas de maconha disfarçavam depósito com oficina no Santa Mônica

Grupo foi preso por tráfico internacional no Bosque Santa Mônica

Os quatro homens presos em flagrante na tarde de segunda-feira (26) por tráfico internacional de drogas, no Bosque Santa Mônica, descarregavam a carga de mais de 3,4 toneladas de maconha em uma oficina de pintura de veículos. O local serviria como depósito para o entorpecente em Campo Grande.

Segundo o Batalhão de Choque, equipes receberam denúncia anônima sobre um depósito de cargas furtadas e foram até o local por volta das 17 horas. Na frente da oficina estava parado o caminhão e havia 4 homens, de 41 e 42 anos, o responsável pelo imóvel de 50 anos e um de 32 anos que tentou fugir em um carro assim que os militares chegaram.

Foi constatado pelos policiais que o caminhão Mercedes-Benz branco, de propriedade do homem de 41 anos, estava carregado com fardos de maconha, além de produtos de limpeza. Na oficina, também foram encontrados fardos da droga, praticamente metade da carga que já tinha sido descarregada.

Ao todo foram apreendidos 3.428,30 quilos de maconha, um revólver calibre 38, 8 munições do mesmo calibre, balança de precisão e 8 celulares. Também havia quantias em dinheiro, cédulas nacionais e internacionais. O grupo revelou que buscou a carga no Paraguai e a droga seria distribuída em Campo Grande.

Os quatro foram presos por tráfico internacional e encaminhados para a Polícia Federal.

Presos com 3,4 toneladas de maconha disfarçavam depósito com oficina no Santa Mônica
Mais notícias