Tarado ‘pula’ de matagal perto de UPA e tenta estuprar professora que voltava para casa

Ela conseguiu correr e chamar a polícia

Na noite de segunda-feira (10), moradora em Água Clara, cidade distante 193 quilômetros de Campo Grande, foi vítima de tentativa de estupro quando voltava para casa. A professora foi atacada por um homem, que estava escondido em um matagal.

Segundo as informações da polícia, a vítima tem 30 anos e é professora. Ela caminhava para casa por volta das 21 horas quando, perto da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), um homem de boné e camiseta saiu do mato e foi até ela. Conforme relato da mulher, ele a atacou e tocou seu órgão genital por cima da roupa.

A vítima ainda conseguiu gritar e correr, chamando a Polícia Militar em seguida. O autor teria se assustado e correu e não foi encontrado. O caso foi registrado como importunação sexual, mas pode qualificar tentativa de estupro.

Mais notícias