Professor de geografia surta, ataca mulher e ‘retalha’ rosto de homem com canivete

Professor foi preso em flagrante pela Polícia Militar

Um professor de geografia de 35 anos de idade foi preso nesta quinta-feira (16) após atacar duas pessoas com um canivete durante um surto. Em um dos casos ele fez vários cortes no rosto de um homem. O crime aconteceu no bairro Santos Dumont, na cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

A primeira vítima tem 28 anos de idade e informou aos policiais militares, que foi atacada após flagrar o homem tentando rasgar o pneu de um carro com canivete. Segundo ela, o suspeito se irritou com o carro estacionado na frente da casa da mãe dele.

Ao questioná-lo, ela foi atacada com golpes de canivete, que atingiram as costas e braço. A vítima foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), levada ao Upa (Unidade de Pronto Atendimento), mas devido a gravidade dos ferimentos, foi levada ao Hospital Auxiliadora.

Após o primeiro ataque, cerca de 200 metros do local, um homem também foi atacado pelo professor descontrolado, conforme as informações divulgadas pela Rádio Caçula. Testemunhas informaram que a segunda vítima foi atacada pelo homem e teve cerca de 70% da face retalhada.

O professor fugiu em ambos os casos e foi localizado em uma residência localizada na Itacil Pereira Martins. Ele estava escondido em um dos quartos da casa e foi preso em flagrante pela Polícia Militar. O professor foi encaminhado para a 3ª Delegacia de Polícia Civil, que tomará as providências necessárias. O autor deverá responder por tentativa de homicídio.

Outro ataque

De acordo com informações, o professor teria atacado o segurança de um supermercado localizado no bairro Santos Dumont, na tarde desta quarta-feira (15). Segundo o funcionário do supermercado, o professor entrou no estabelecimento, pegou alguns produtos e colocou em uma cestinha, em seguida, pegou outros e colocou no bolso. Porém, ao perceber que estava sendo vigiado, o homem deixou todos os produtos no local, inclusive os que estavam no bolso, e saiu do supermercado.

O gerente da segurança relatou que o homem ao chegar à porta do estabelecimento comercial se virou e disse: “o que você quer banana, você é um banana!”. Após algumas provocações ao segurança, o professor pegou o canivete e passou a golpear a vítima. O segurança se esquivou e tentou se defender, mas o suspeito fugiu.

O segurança relatou aos policiais que através das câmeras de segurança, observou que horas depois o autor retornou ao estabelecimento para pegar a motocicleta que havia deixado no estacionamento.

Mais notícias