Procurou suposto pai de santo para ‘abrir caminhos’ e acabou extorquido e ameaçado

Suspeito disse que haveria grande derramamento de sangue

Nesta terça-feira (15), homem de 42 anos procurou a delegacia para denunciar um suposto pai de santo que contatou via telefone, para fazer um ‘trabalho’. O morador em Campo Grande alega que foi extorquido pelo suspeito, que fez uma cobrança de valor indevido, ameaçando “grande derramamento de sangue”.

Segundo o homem, ele contatou o suspeito via telefone há aproximadamente um mês e fez uma consulta para abertura de caminhos. Com isso, o pai de santo cobrou R$ 50 e mais R$ 1 mil para que o ‘trabalho’ fosse feito. Já no dia seguinte, o suspeito entrou em contato alegando que precisava fazer o trabalho para a esposa da vítima.

Assim, alegou que também precisaria de mais R$ 900 e uma foto do casal. O homem acabou depositando o valor e em seguida o pai de santo novamente entrou em contato, perguntando se a vítima tinha mais dinheiro. No entanto, o homem alegou que não, quando o suspeito disse que não poderia mais dar continuidade aos trabalhos.

Além disso, alegou que “uma entidade desceu e disse que a vítima tinha condições para pagar que o trabalho fosse concluído”. Também foi dito pelo suposto pai de santo que os materiais para o trabalho já tinham sido comprados e que custaram R$ 2 mil. Por fim, exigiu que tal valor fosse depositado, caso contrário cobraria R$ 4 mil.

Ainda foi dito que, se o pagamento não fosse feito, a esposa da vítima seria cobrada e haveria grande derramamento de sangue. O caso foi registrado como .

Procurou suposto pai de santo para ‘abrir caminhos’ e acabou extorquido e ameaçado
Mais notícias