Preso integrante do PCC que sequestrou vítima para julgá-la em tribunal do crime

Homem foi acusado de ter estuprado a sobrinha

A Polícia Civil de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, prendeu na manhã desta terça-feira (07) homem de 21 anos, suspeito de participar do tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital). A vítima, um homem de 54 anos, acabou sendo liberada e escapou com vida da ação.

Conforme nota, no dia 30 de janeiro, no Jardim Alvorada, a vítima foi sequestrada na frente de casa, colocada em um Golf prata e levada para ‘julgamento’ por supostamente de estuprado a sobrinha, menor de idade. A polícia descobriu o caso e passou a fazer investigações, ocasião em que o homem foi liberado do cativeiro. Os criminosos chegaram ao entendimento de que ele não havia cometido o estupro.

Agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais), naquela ocasião, identificaram e prenderam um rapaz de 27 anos, proprietário e motorista do Gol usado no sequestro. As investigações continuaram e, nesta terça-feira, no condomínio Novo Oeste, a equipe localizou o rapaz de 21 anos que havia participado. Com ele havia uma porção de maconha.

Ele disse que realmente chegou ao local no Golf, mas não sabia que se tratava de um crime de sequestro, negando também que fizesse parte de qualquer facção criminosa. “As diligências continuam para melhor esclarecimento dos fatos e identificação de outros autores para que todos sejam levados à presença da Justiça para responderem por esse bárbaro crime”, afirma  polícia em nota.

Preso integrante do PCC que sequestrou vítima para julgá-la em tribunal do crime
Mais notícias