Preso é morto asfixiado por colega de cela durante madrugada

Interno confessou que matou por que ‘colega’ o perturbava

Foi assassinado durante a madrugada desta sexta-feira (28) dentro de uma cela do presídio de Rio Brilhante a 158 quilômetros decampo Grande, o interno Wesley da Conceição Mendes de 21 anos. Ele cumpria pena por tentativa de estupro.

A briga entre os internos teria começado por volta da meia noite, quando Wesley teria começado e a se masturbar na frente do detento que aplicou um mata-leão na vítima, que acabou desmaiando. Em seguida, o ‘colega’ colocou um saco plástico na cabeça de Wesley o matando por asfixia.

Segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real, após perceber que Wesley estava morto, o interno confessou o crime aos agentes penitenciários dizendo que cometeu o crime por que a vítima sempre o perturbava se masturbando na frente dos outros internos e urinando nos ‘colegas’.

Mais notícias