Presa com R$ 50 mil de cocaína em aspirador consegue prisão domiciliar

Mulher alegou ter filhos pequenos e conseguiu prisão domiciliar

Presa na última quarta-feira (22) com R$ 50 mil em cocaína escondida dentro de um aspirador de pó, uma mulher de 41 anos, foi beneficiada com a prisão domiciliar por ter filhos pequenos. A decisão saiu na quinta-feira (23), pelo juiz Luiz Alberto de Moura Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande.

A mulher é viúva de um homem acusado de tráfico de drogas que foi executado a tiros dentro da própria conveniência, no Jardim Maracanã, em julho de 2019.

Ela cumprirá a prisão domiciliar, com medidas cautelares. “Salvo motivo de força maior, deixar sua residência, bem como ausentar-se da Comarca sem comunicar ao juízo, de modo que, descumprindo tal condição, será imediatamente decretada a sua prisão preventiva, recolhendo-a novamente ao cárcere”, diz a decisão.

De acordo com o Dourados News, o magistrado embasou seu despacho em dispositivo do Código Penal que autoriza a prisão domiciliar para “mulher com filho de até 12 anos de idade incompletos”, considerando que “a requerente comprovou possuir dois filhos menores, um deles com menos de seis anos e outro com menos de doze anos de idade”.

No entanto, no mesmo despacho que concede prisão domiciliar, o juiz da 1ª Vara Criminal de Dourados negou o pedido de revogação da prisão preventiva.

no aspirador

A mulher foi pelo Getam (Grupamento Especializado Tático Motorizado), no final da manhã de quarta-feira (22). Ela conduzia um veículo Toyota , cor branca, pela rua Paissandu, Jardim Monte Líbano. Sem cinto de segurança, a motorista foi abordada para orientação.

Durante vistoria no veículo, os policiais localizaram um aspirador de pó e dentro do equipamento de limpeza, um tablete de cocaína, que após pesagem totalizou 936 gramas. A droga é avaliada em aproximadamente R$ 50 mil.

A mulher – que já tem passagens por tráfico de drogas -, relatou que pegou o aspirador de pó em um lava rápido que pertencia ao seu finado marido.

Presa com R$ 50 mil de cocaína em aspirador consegue prisão domiciliar
Mais notícias