Precisa de polícia ou bombeiros? Confira onde pedir ajuda durante a quarentena

Forças de Segurança Pública continuam atendendo normalmente

Mesmo no período de quarentena, com a pandemia do Covid-19, o coronavírus, atendimentos da Segurança Pública continuam normalmente em Campo Grande. Além dos atendimentos feitos via 193 para os Bombeiros, 190 para Polícia Militar, também foi implantado o 3311-6262, o ‘Disque-Covid’ para casos de suspeita de coronavírus ou para orientação.

Bombeiros

Conforme o Corpo de Bombeiros, a população pode continuar acionando normalmente as equipes via 193 para ocorrências de rotina. Já para pessoas que tenham dúvidas ou precisem de orientações a respeito do coronavírus, podem acionar o telefone fixo 3311-6262. Segundo a assessoria, ao todo serão 12 médicos de plantão, divididos em 4 por escala de serviço, para fazerem supervisão médica em caso de atendimento.

Caso uma pessoa precise de orientação, equipe dos bombeiros com o médico vai até a casa e, se necessário, caso trate-se de paciente oncológico ou com debilidade motora permanente ou temporária, é acionada viatura de resgate dos bombeiros que fará encaminhamento a hospital ou posto de saúde. Já as pessoas em outras condições que precisem do atendimento hospitalar, deverão ir por meios próprios, mas receberão toda orientação da equipe.

O 193 continua ativo 24 horas. Já o canal do ‘Disque Covid’ funciona das 8 horas até as 18 horas, todos os dias.

Polícia Militar

A Polícia Militar também continua com atendimento normal via 190. Conforme a assessoria, todos os policiais já foram orientados sobre os riscos da doença e foi recomendado o uso dos EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual). As equipes ainda reforçaram as rondas noturnas em Campo Grande e também em todo do Estado após a implementação do toque de recolher em várias cidades.

Polícia Civil

Já o atendimento nas delegacias de Polícia Civil de Campo Grande também não teve alterações. Porém, a recomendação é de que a população registre boletins de ocorrência de casos menos urgentes, como extravio de documentos, pela internet, na Delegacia Virtual (Acesse AQUI o link).

Outros casos são normalmente registrados nas delegacias, mas há orientação para que seja evitada a aglomeração de pessoas. O atendimento nas delegacias especializadas também continua, sendo priorizados casos de flagrante ou crimes graves. O atendimento na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) continua normalmente, com medidas tomadas no prédio para melhor atendimento, prevenindo a contaminação.

Para denúncias em casos de violência contra a mulher, é possível ligar anonimamente pelo telefone 180. Para dúvidas, o telefone da delegacia especializada é o 4042-1324. Já nas Depacs (Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário), outras dúvidas para evitar o atendimento presencial e contato podem ser tiradas pelos telefones 3312-5700 (Centro) e 3318-9016 (Cepol).

Precisa de polícia ou bombeiros? Confira onde pedir ajuda durante a quarentena
Mais notícias