Policiais pilotam lancha por 6 horas no rio Paraguai para resgatar gestante

Vítima corria risco de perder o bebê

Gestante de seis meses que corria risco de perder o filho foi salva pela ( Ambiental) na noite de quarta-feira (12), na região de Corumbá, a 429 quilômetros de Campo Grande. Os policiais pilotaram por seis horas pelo rio para que a vítima conseguisse atendimento médico no município.

Durante fiscalização a cerca de 330 quilômetros da cidade, a equipe foi acionada pelo cacique da aldeia Guató no final da tarde, que afirmava que a mulher estava com problemas de saúde e precisava de ajuda. A jovem de 22 anos foi colocada na lancha e levada até o quartel da , onde chegaram por volta das 23 horas.

Em seguida, ela foi colocada em uma viatura e levada ao hospital. Nesta quinta-feira (13)  os policiais tiveram notícia que a indígena e o bebê passam bem. “As equipes da sempre que em missão na região, passam para prestar atendimentos e informações nas aldeias e também em outras áreas povoadas”, disse a polícia em nota.

Policiais pilotam lancha por 6 horas no rio Paraguai para resgatar gestante
Mais notícias