Polícia refaz passos de gêmeos mortos com 13 tiros na tentativa de encontrar assassinos

Polícia pede para quem tiver informações fazer denúncia que será mantida em sigilo

A está refazendo os passos dos gêmeos mortos com 13 tiros, Alexandre Muller Passos e Rafael Muller Passos, de 31 anos, na noite de sexta-feira (25) no Residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande. Imagens de câmeras de segurança da quitinete onde os irmãos moravam mostram quando dois homens chegam ao local e fazem vários disparos contra as vítimas que morrem sem socorro.

Segundo o delegado Ricardo Meirelles, da 3º Delegacia de , os passos dos gêmeos estão sendo refeitos para saber se estavam recebendo algum tipo de ameaça. Meirelles disse que formalmente pelo menos aqui no Estado, os irmãos não tinham nenhum registro criminal contra eles, mas que tudo está sendo investigado e nenhuma linha de investigação é descartada.

Familiares serão questionados sobre possíveis problemas envolvendo mulheres, o que seria uma das linhas de investigação de crime passional. Já que a família não acredita que os gêmeos tenham sido assassinados por envolvimento com facção criminosa.

Meireles ainda pede que quem tiver informações sobre o assassinato entrar em contato com a delegacia e que o anonimato será garantido, pelo telefone (67) 3326-0027.

No velório dos gêmeos, a irmã Sabrina Muller, estava sem acreditar no que havia acontecido. “Falei com eles por telefone 1 hora antes de serem assassinados, estou em choque ainda”, disse a irmã. Ela ainda contou que eles eram trabalhadores e não tinham envolvimento com drogas. Rafael tinha acabado de ser pai, o filho nasceu 7 dias antes do assassinato, “acho que nem deu tempo de registrar direito”, disse Sabrina ainda sem entender o que pode ter acontecido.

Já outra hipótese de facção criminosa levantada pela polícia é descartada pela família. A hipótese foi levantada porque um dos irmãos tirava selfies fazendo um V com as mãos, é rechaçada pela família. Nenhum deles tinha passagem policial.

Imagens de câmeras de segurança

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que a dupla suspeita de assassinar os gêmeos Alexandre Muller Passos e Rafael Muller Passos, de 31 anos, chega na quitinete dos irmãos, no Residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande.

Pelas imagens é possível ver que às 23h13 desta sexta-feira (25) a dupla suspeita do duplo homicídio passa em uma motocicleta em frente à quitinete. Em seguida os dois homens passam andando de capacete ainda na cabeça em direção a vila de casas, onde viviam as vítimas.

Na sequência, a dupla entra pelo portão na quitinete dos irmãos fazendo vários disparos. É possível ver pelas imagens alguns clarões, que seriam os tiros sendo disparados.

Polícia refaz passos de gêmeos mortos com 13 tiros na tentativa de encontrar assassinos
Mais notícias