Polícia procura por dono de carrinho de cachorro quente enganado por quadrilha na OLX

Polícia recuperou diversos itens obtidos por quadrilha com golpes

A Polícia Civil está tentando localizar o dono de um carrinho de quente, que foi vítima de uma quadrilha de estelionatários, formada por presos em Campo Grande. A (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) identificou 358 boletins de ocorrência contra grupo criminoso, que procurava suas vítimas no site de compra e venda OLX.

Os presos foram identificados após investigação, indiciados por estelionato e receptação. Durante o trabalho policial a polícia conseguiu recuperar alguns produtos. Entre os itens, muitos donos já foram localizados por causa do registro policial. No entanto, outros não chegaram a procurar a delegacia para registrar o crime e ainda não foram identificados como proprietários dos bens recuperados.

As vítimas podem entrar em contato pelo telefone (67) 3323-6900.

Conforme a , os presos montaram uma estrutura, onde contavam com apoio inclusive de dois motoristas de aplicativo. O consistia em, encontrar o produto desejado, que estivesse sendo ofertado na OLX e, após a negociação, enviar um comprovante falso de pagamento ao vendedor.

Os produtos mirados eram variados, como pizzas, cestas básicas, cestas de café da manhã, buque de flores, kits de , guitarras, contrabaixos, saxofones, teclados, violões, celulares, amplificadores, pedaleiras, caixas de som, notebooks, roçadeiras, motosserra, mini motocross, veículos, motocicletas e outros.

Os presos mandavam um suposto funcionário buscar o produto, o que era feito pelos motoristas de aplicativo. Depois, os motoristas levavam aos locais indicados pelos presos, que negociavam os itens com receptadores, também custodiados no Centro de Triagem.

Polícia procura por dono de carrinho de cachorro quente enganado por quadrilha na OLX
Mais notícias