Polícia prende mais um integrante de quadrilha que roubou 27 celulares de loja

Integrante deu apoio logístico ao crime

A Polícia Civil prendeu o quinto envolvido no roubo de 27 celulares de uma loja na noite da última terça-feira (03). O crime aconteceu na cidade de Aquidauana, a 143 quilômetros de Campo Grande. Esse quinto preso deu apoio logístico e também forneceu a arma de fogo usada no assalto.

De acordo com a polícia, o suspeito se apresentou com uma advogada nesta quinta-feira (05). Ele foi interrogado sobre o crime e permaneceu preso por força de um mandado de prisão preventiva, deferido pela Justiça.

Para a polícia, esse quinto envolvido foi o autor intelectual do crime, fornecendo apoio logístico e a arma de fogo usada no dia. Os cinco criminosos foram indiciados pelos crimes de roubo majorado por uso de arma de fogo, por restrição da liberdade das vítimas e por associação criminosa.

O assalto aconteceu por volta das 18 horas de terça, quando dois homens armados invadiram a loja e obrigaram os funcionários a colocarem os aparelhos dentro de mochilas e sacos plásticos. Populares que perceberam que estava acontecendo o roubo ligaram para a polícia, que acabou fazendo um cerco para prender os bandidos.

Um deles conseguiu fugir, mas foi encontrado depois de um cerco feito na cidade pelos militares. Na mochila que carregava foi encontrado 18 celulares lacrados nas caixas. Ele acabou entregando o seu comparsa, sendo que com ele mais nove celulares de diversas marcas e todos lacrados foram encontrados em um saco plástico.

Os dois contaram que as duas mulheres que estavam fazendo parte da quadrilha ajudaram ao esconderem as motocicletas que foram usadas na tentativa de fuga. Um homem conhecido como ‘Bebê” estava dando o apoio logístico para um dos ladrões, que havia saído de Campo Grande para Aquidauana para participar do assalto.

Mais notícias