Polícia paraguaia aponta redução de assassinatos na fronteira durante pandemia

Comissário diz que índices de violência em cidade como Pedro Juan Caballero caíram em até 50%

Segundo dados da Polícia Nacional do , o número de homicídios registrados em nos primeiros meses do ano,  reduziu em até 50% em relação ao ano passado e isso se deve, em parte à pandemia e também à eliminação de importantes assassinos na área, afirmou.

Segundo o comissário Gilberto Fleitas, no nível do país, o número de ataques armados diminuiu 50% durante a quarentena, conforme o ABC Color, principalmente em cidades como , Capitán Bado e Bella Vista Norte.

Para o comissário, a presença do exército e também, durante o período da quarentena mais rígido contribuiu para a diminuição dos números. Na avaliação do comissário, os militares acaba desestimulando a ação dos criminosos.

No entanto, ele disse que há um trabalho da Polícia, em conjunto com outras instituições, observado desde os últimos meses do ano passado e seu início, que foi seguido, com a identificação e prisão de vários assassinos importantes e cita o  caso do assassinato do jornalista brasileiro Leo Veras onde a polícia diz ter conseguindo prender os executores do crime.

Polícia paraguaia aponta redução de assassinatos na fronteira durante pandemia
Mais notícias