Polícia descobre sequestro e cárcere de caminhoneiros após abordagem em rodovia

Veículos foram apreendidos e duas pessoas foram presas

Na manhã de quarta-feira (22), dois homens de 40 anos foram presos em flagrante por receptação, conduzindo caminhões roubados para a região da Bolívia. Eles foram detidos em Miranda, a 203 quilômetros de Campo Grande, enquanto os verdadeiros motoristas eram mantidos em cárcere privado em Americana, interior de São Paulo.

A ação foi feita pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), Batalhão de Choque e Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) de Campo Grande. Os policiais abordaram os dois caminhões, um Volvo e um Iveco e os motoristas, ambos de 40 anos.

Os dois suspeitos contaram que tinham descarregado os veículos com a primeira carga em Campo Grande e reabasteceriam com calcário, um em Corumbá e outro no Mato Grosso. Eles não souberam dar informações precisas sobre o trabalho e acabaram confessando a receptação.

A dupla contou que foi contratada pela internet para levar os caminhões até a Bolívia. Em contato com o dono de um dos caminhões, ele disse que outro caminhoneiro estava com o veículo e que não sabia do paradeiro dele. Já o proprietário do outro veículo não foi localizado.

Os suspeitos acabaram revelando que os motoristas eram mantidos em cárcere privado em Americana, interior de São Paulo, no mesmo cativeiro. Eles foram liberados no fim da tarde e a dupla foi presa por roubo de veículo, sequestro e cárcere privado, e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Miranda.

Mais notícias