Investigado há um ano, servidor de MS é preso vendendo equipamentos públicos

Ele praticava o crime há dois anos

Na manhã desta quinta-feira (13), policiais da 3ª Delegacia de cumpriram mandado contra um servidor estadual, pelo crime de peculato. Na casa dele, na Vila Bandeirantes, foram encontrados vários produtos que ele retirava do local de trabalho para revender.

Conforme o delegado Ricardo Meirelles, o servidor era investigado há mais de um ano. Assim, foi constatado que ele se aproveitava do trabalho, sendo responsável por um almoxarifado, e revendia os produtos pertencentes ao governo.

Além disso, várias pessoas denunciavam que o servidor chegava em carros oficiais aos locais onde revendia os produtos, até mesmo folhas de papel sulfite. Já nesta quinta-feira, durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, vários materiais foram encontrados e apreendidos.

Com isso, foi feito indiciamento pelo crime de peculato e o servidor chegou a alegar que praticava o crime por ter um salário baixo e enfrentar dificuldades financeiras. O caso agora deve ser encaminhado ao judiciário.

Investigado há um ano, servidor de MS é preso vendendo equipamentos públicos
Mais notícias