Polícia confirma prejuízo ao crime organizado com destruição de 25 toneladas de drogas

Entorpecente foi incinerado pelo DOF e Polícia Federal

Forças de segurança que atuam em Mato Grosso do Sul destruíram nesta quinta-feira (20) pouco mais de 25 toneladas de entorpecentes apreendidas no estado. A ação confirma o prejuízo causado ao crime organizado que faz do território sul-mato-grossense um dos principais corredores do tráfico na América do Sul, por conta das fronteiras com Paraguai e Bolívia, respectivamente os maiores produtores de maconha e cocaína do mundo.

Droga que foi destruída pela PF. Foto: Divulgação

Em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) incinerou 15,2 toneladas apreendidas desde o dia 15 de dezembro do ano passado até agora. O procedimento foi realizado na fornalha de uma indústria da cidade. Ao todo foram destruídas 15.291,770 quilos de maconha, 920 gramas de cocaína, 1,320 quilo de haxixe, 16,6 gramas de crack e mais 220 gramas de outras drogas.

Por sua vez, a Polícia Federal, com apoio da Força Nacional e da Prefeitura Municipal de Naviraí, realizou a incineração de aproximadamente nove toneladas de entorpecentes. A maior parte se constituía em maconha apreendida em diversas ações policiais na região de fronteira nos municípios sul-mato-grossenses de Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Jateí, Juti, Mundo Novo, Naviraí, Sete Quedas, Tacuru, além da própria cidade de Naviraí.

Mais notícias