Polícia faz batida em confecção que mantinha 200 trabalhando aglomerados

Depois de orientações ao dono da fábrica, funcionários foram dispensados para férias coletivas

Uma denúncia anônima levou os policiais civis de Dois Irmãos do Buriti a 84 quilômetros de Campo Grande, a uma fábrica que estava mantendo cerca de 200 funcionários trabalhando aglomerados desrespeitando as normas sanitárias de prevenção contra o coronavírus (Covid-19), nesta terça-feira (24).

Quando os policiais chegaram a fábrica constataram que os trabalhadores estavam aglomerados em um galpão, onde não se mantinha distância segura entre eles. Foi feita a orientação para os proprietários, que fizessem turnos entre os trabalhadores para que as atividades não fossem suspensas.

Após as orientações, foi informado pelo setor administrativo da fábrica, que aos funcionários foram concedidas férias coletivas por 15 dias. Mato Grosso do Sul já registrou 24 casos de coronavírus e 38 casos suspeitos da doença.

Mais notícias