Polícia autua infrator por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro

Um morador de Cassilândia foi multado por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro, nesta terça-feira (12). de Cassilândia realizava fiscalização preventiva aos crimes e infrações ambientais no município e avistaram em uma residência no Distrito de Seringal, pássaros silvestres em gaiolas.

Ao realizar a fiscalização junto ao morador e proprietário das aves, os policiais verificaram que os animais eram mantidos em cativeiro sem autorização do órgão ambiental.

Sete pássaros, sendo cinco da espécie coleirinho, um da espécie bico-de-pimenta e um canário-da-terra, bem como nove gaiolas e um alçapão foram apreendidos no local. O infrator afirmou que havia capturado os pássaros em alçapões e os aprisionados em gaiolas porque gostava de ouvi-los cantar, mas não sabia que precisava de licença para tê-los em casa. Com ele também foi apreendida também uma espingarda de pressão marca Rossi.

O infrator (53) foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Cassilândia e responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. O infrator também foi autuado administrativamente e multado em R$ 3,5 mil. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, na Capital.

Polícia autua infrator por manter pássaros silvestres ilegalmente em cativeiro
Mais notícias