Polícia apreende terceira carga ilegal de madeira e aplica multa de R$ 13 mil

A PMA ( Ambiental) de Costa Rica e Cassilândia apreendem uma terceira carga de madeira ilegal e autuaram uma empresa em R$ 13 mil nesta quarta-feira (12). De acordo com a PMA, esta terceira carga de madeira ilegal foi apreendida durante fiscalização na rodovia em Costa Rica, na região de divisa com Mato Grosso e Goiás.

Quando os policiais realizavam a operação conjunta dentro da Operação Hórus, abordaramum caminhão Volvo Tractor com carreta acoplada.

Ainda segundo a polícia, o veículo, que fazia o percurso de Nova Monte Verde () para a cidade Araras (SP) transportava 22,3 m³ de madeira da espécie Garapeira, em forma de ripas, sarrafos, vigas, caibros e pranchas de várias bitolas.

Os policiais verificaram que no DOF (Documento de Origem Florestal), não constava o itinerário de deslocamento, o que torna sem valor o documento. De acordo com a PMA, a exigência no documento ambiental de transporte é obrigatória e sua falta constitui-se em crime e infração administrativa. A identificação do itinerário serve para evitar que se retirem madeiras ilegais de outros locais com o mesmo documento.

O caminhão e a madeira pertencente a uma empresa de Nova Monte Verde () foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, juntamente com o motorista e os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental e poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção. A empresa infratora também foi autuada administrativamente e multada em R$ 13 mil. Essa foi a terceira carga ilegal advinda da região amazônica apreendida ontem e hoje (12) no mesmo local.

Polícia apreende terceira carga ilegal de madeira e aplica multa de R$ 13 mil
Mais notícias