Polícia aguarda laudo para confirmar se homem encontrado em rio foi morto estrangulado

Corpo estava com uma camiseta enrolada no pescoço

A Polícia Civil aguarda laudo necroscópico para confirmar a causa da morte de Silvio Salina Rojas, 40 anos. O corpo estava com uma camiseta enrolada no pescoço, que indica uma possível morte por estrangulamento. Silvio foi encontrado no último domingo (24) em um rio de Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande.

A delegada Glaucia Fernanda Valério, titular da delegacia de Maracaju, afirmou ao Jornal Midiamax, que o resultado do laudo deverá chegar na próxima semana. “Os vestígios encontrados no local indicam para um possível estrangulamento”, confirmou Glaucia. A delegada ainda afirmou que não repassará outros detalhes do caso para não atrapalhar as investigações.

Silvio estava sendo procurado pelos familiares desde o último 14 de maio. As buscas começaram no dia 16 de maio, data em que alguns pertences de Silvio foram localizados. Militares Campo Grande e Coxim, também cães farejadores, contribuíram com as buscas. No entanto, sem sucesso. Apenas neste domingo o corpo foi encontrado por pescadores, enroscado em galhos, a cerca de 300 metros da ponte do Rio Cachoeira na BR-267.

Silvio estava com uma camiseta do Flamengo enrolada em seu pescoço, com um nó envolta dele. A polícia suspeita que o crime foi cometido em outro local e o rio usado para desovar o corpo.

Polícia aguarda laudo para confirmar se homem encontrado em rio foi morto estrangulado
Mais notícias