Piloto brasileiro é preso no Paraguai com 245 quilos de cocaína em aeronave

Ação foi realizada em uma pista clandestina

Ação conjunta entre a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), do , e o Ministério Público, resultou na apreensão de 425 quilos de cocaína em uma aeronave clandestina localizada na região de Toro Pampa, no Alto . Um piloto brasileiro e dois comparsas paraguaios foram presos.

O transporte foi descoberto por meio de trabalho de inteligência que identificou estrutura de tráfico internacional de drogas. Após monitoramento dos suspeitos, grupo operacional invadiu a pista clandestina no momento em que o avião pousou para descarregar droga que, muito provavelmente, seguiria para a .

Lá, foram detidos o piloto brasileiro identificado como Douglas Da Silva Franco, juntamente com o co-piloto paraguaio Braulio Daniel Sanabria Rodriguez e Sergio Rotela, também paraguaio, que fazia o serviço de capataz. Mais três pessoas conseguiram fugir após uma perseguição, abandonando o veículo em que se deslocavam.

A cocaína tinha selo com a marca  ′′ “. Além do avião Cessna com matrícula ZP-TJE e das drogas, foram apreendidos vários tambores com combustível de aviação e sistema de abastecimento em voo dentro do avião. A expectativa é de que a ação tenha causado aproximadamente R$ 15 milhões de prejuízo ao crime organizado.

 

 

Piloto brasileiro é preso no Paraguai com 245 quilos de cocaína em aeronave
Mais notícias