Polícia

PF cumpre mandados do STF sobre suposto atentado contra deputado do PSL

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (12), a ‘Operação Tracker’, para cumprir mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e Brasília (DF). Os mandados foram expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e apura o suposto atentado ao deputado federal Loester Trutis (PSL) e seu assessor, no dia 16 de fevereiro deste ano. […]

Dayene Paz Publicado em 12/11/2020, às 08h14 - Atualizado às 12h26

Suposto atentado foi relatado em 16 de fevereiro. (Imagem: Arquivo).
Suposto atentado foi relatado em 16 de fevereiro. (Imagem: Arquivo). - Suposto atentado foi relatado em 16 de fevereiro. (Imagem: Arquivo).

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (12), a ‘Operação Tracker’, para cumprir mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e Brasília (DF). Os mandados foram expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e apura o suposto atentado ao deputado federal Loester Trutis (PSL) e seu assessor, no dia 16 de fevereiro deste ano. No dia, o veículo do deputado foi alvo de vários disparos na BR-060, entre Campo Grande e Sidrolândia.

De acordo com a PF, ao todo estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão expedidos pelo STF, sendo nove em Mato Grosso do Sul e um em Brasília, com a participação de 50 policiais federais.

O nome da operação policial “Tracker” faz referência, de acordo com a PF, ao intenso trabalho investigativo realizado pela Polícia Federal em busca de provas para a completa elucidação dos fatos e identificação e dos autores. A investigação prossegue em segredo de justiça.

O atentado aconteceu por volta 5h30 da manhã deste domingo (16), quando um veículo emparelhou ao lado do carro do deputado e efetuou os disparos, um total de cinco. Ninguém ficou ferido. O deputado participava, com sua equipe, de eventos de conversa com moradores em cidades do Estado. Na noite deste sábado, dia 15, Trutis estava em Nova Alvorada do Sul e cumpriria agenda em Sidrolândia, no domingo (16), dia do suposto atentado.

Jornal Midiamax