Paraguai prende suspeitos do sequestro de capataz brasileiro na fronteira

Vítima foi mantida em cativeiro e liberada após pagamento do resgate

Agentes do Departamento Antissequestro da Polícia Nacional do capturaram nesta quarta-feira (18) três suspeitos do sequestro do capataz brasileiro Teodoro Antunes, de 50 anos, ocorrido no início do mês no estado de Amambay, localizado na fronteira com .

Os presos foram identificados como Bernardo Gonzáles Chaparro, Eusebio Gómes Torales e Isabelino Gómez. De acordo com o jornal ABC Color, Bernardo era peão da fazenda Zanja Hu, que também pertence ao proprietário da fazenda López Ykuá, onde trabalhava a vítima. Os demais são indígenas que participaram do crime e estavam com o celular usado nas negociações.

O sequestro ocorreu no dia 2 de novembro, na entrada da fazenda López Ykuá. Na ocasião, ao menos quatro homens armados com escopetas encurralaram o capataz brasileiro que descia da caminhonete para abrir o portão. A vítima foi mantida em cativeiro até que o resgate fosse pago, porém o valor não foi revelado. As investigações continuam por parte das autoridades paraguaias.

Paraguai prende suspeitos do sequestro de capataz brasileiro na fronteira
Mais notícias