Para forçar transferência, presas iniciam motim e agridem colegas de cela

Uma das vítimas foi arrastada para o banheiro e golpeada

Presas da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Paranaíba agrediram duas colegas de cela durante motim realizado na tarde desta sexta-feira (14). Objetivo das autoras era conseguir transferência. Ao menos quatro delas, de 19, 25, 36 e 42 anos foram autuadas por lesão corporal e ameaça.

Conforme boletim de ocorrência, uma das agredidas, de 25 anos, afirmou que estava na cela com o total de nove mulheres. No início da tarde, as quatro autoras iniciaram tumulto para provocar os policiais a transferi-las e ameaçaram colocar fogo nos colchões caso não fossem atendidas.

Durante a confusão, investiram contra outra presa, de 26 anos e menor porte físico, e a arrastaram para o banheiro, onde passar a agredi-la. A presa de 25 anos, tentou acessar o corredor para pedir socorro aos policiais e também foi atacada, e recebendo ameaças de morte.

O grupo também disse que sabia onde ela morava e que queimaria a casa dela. Assim que acionada, a polícia conteve o tumulto. 

Mais notícias