Para construção de tanques de piscicultura, advogada é autuada por degradar matas de córrego de MS

Advogada foi multada em R$ 5 mil.

Para construir tanques de piscicultura, uma advogada de 35 anos foi multada em R$ 5 mil por . A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou a degradação de mata ciliar de um córrego no distrito de Camisão, em Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande, por conta da construção dos locais, neste sábado (21).

Conforme a polícia, a proprietária do local usou duas máquinas de 320 e 250 para derrubar a vegetação protegida e removeu o solo próximo ao córrego Morcego, afluente do rio Aquidauana, que corta a propriedade, sem autorização ambiental.

A equipe também verificou que, além do desmatamento no leito do córrego, um pequeno barramento com rochas do próprio local para acumular água, onde foram colocadas duas mangueiras que desviavam água para os tanques, também sem autorização.

As atividades foram interditadas e a proprietária deve responder por , com pena prevista de um a três anos de detenção. A infratora também foi notificada a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um PRADA (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada).

Para construção de tanques de piscicultura, advogada é autuada por degradar matas de córrego de MS
Mais notícias