Pai e madrasta de criança morta em Dourados vão a  júri popular no dia 10 de março

Os dois são acusados de homicídio qualificado por emprego de meio cruel por morte ocorrida em 16 de agosto de 2018

Joel Rodrigo Avalo dos Santos, de 25 anos, e Jéssica Leite Ribeiro, de 21, pai e madrasta do bebê Rodrigo Moura Santos , morto quando tinha apenas um ano e meio de idade, em 16 de agosto de 2018  irão a júri popular no dia 10 de março.

O bebê foi encontrado morto numa casa na Rua Presidente Kennedy, no Jardim Márcia, em Dourados. Segundo a 94 FM, pai e madrasta são acusados homicídio qualificado por emprego de meio cruel.

No despacho o juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal da comarca, afirma que “há indícios suficientes de autoria que recaem sobre Jéssica, e no tocante a Joel, é imputada participação por omissão, já que, em tese, o genitor teria o dever de agir consistente na obrigação legal de cuidar, proteger ou vigiar o filho, em decorrência do poder familiar”.

Mais notícias