Pai e filho agridem e ameaçam PMs de morte e os acusam de forjar crime

Eles foram até o batalhão

Na madrugada deste domingo (27), pai e filho foram autuados por agredirem e ameaçarem policiais militares de Vicentina, a 246 quilômetros de Campo Grande. Eles foram até o batalhão, onde acusaram os militares de forjarem uma ocorrência.

Conforme o registro, os militares estacionaram a viatura na frente da base, quando a família parou a Strada branca logo atrás. Assim, o homem de 43 anos e o filho, de 19 anos, desceram do veículo e começaram a acusar os policiais de forjarem uma ocorrência.

Nesta ocorrência, a moto do jovem tinha sido apreendida e ele levado para a delegacia. Além disso, o homem começou a ameaçar os policiais de morte, xingar e depois pai e filho passaram a agredir os militares com socos e chutes. Os PMs deram voz de prisão e precisaram sacar as armas para que os suspeitos parassem com as agressões.

Já no momento em que era confeccionado o boletim de ocorrência, a filha de 21 anos começou a desacatar os policiais. O caso foi registrado como ameaça, resistência, desacato e porte de arma, já que uma faca que teria sido usada pelos suspeitos também foi apreendida, caída no batalhão.

Pai e filho agridem e ameaçam PMs de morte e os acusam de forjar crime
Mais notícias